Arquivos mensais: fevereiro 2014

A cor de 2014


RADIANT ORCHID

Para as executérrimas antenadas na divulgação da cor do ano feita pela Pantone, marca referência na identificação e comunicação de cores, em 2014, teremos como destaque o número 18-3224 da cartela – Radiant Orchid.

De acordo com Leatrice Eiseman, diretora executiva do Instituto de Cores Pantone®, “Radiant Orchid estimula a criatividade e originalidade, cada vez mais valorizadas na sociedade atual”.

Tons de fúcsia, roxo e rosa integram a seleção deste ano, mas vale ficar de olho no que combina mais com seu tom de pele. “Os estudiosos do tema explicam que a coloração pessoal é chamada de “quente” ou “fria”, dependendo da quantidade de hemoglobina (vermelho), melanina (marrom-azulado/marrom-alaranjado) e carotina (amarelo) existente na pele. De qualquer forma, definir a tonalidade da pele não é uma tarefa fácil, exige técnica e, no mínimo, a utilização da luz natural clara”, comenta Fabi Gragnani, do Executiva sem Terninho.

Para saber que tipo de pele é a sua, Fabi indica um teste bem simples:

O ideal é que a análise seja feita por um profissional. Mas existem alguns testes rápidos que podem ajudar a definir se a pele é quente ou fria, como os de aproximação de tecidos ao rosto (comparação entre branco e off-white ou entre dourado e prata). A pele precisa estar bem limpa, os cabelos presos e a luz tem de ser natural e clara.

PELE QUENTE – sob a luz natural, puxa mais para o dourado/amarelado; aquela que se bronzeia mais facilmente e que, nos testes de aproximação de tecidos do rosto, ficam mais iluminadas com o off-white em comparação com o branco e com dourado em comparação com o prata.

PELE FRIA – sob a luz natural, puxa mais para o rosado; aquela que fica vermelha ao se bronzear e que, nos testes de aproximação de tecidos do rosto, fica mais saudável e iluminada com o branco quando comparada com o off-white e com prata quando comparada com o dourado.

De acordo com Fabi, os tons indicados para peles quentes são os castanhos-dourados, caramelos, beges, laranjas, amarelos, vermelhos quentes, verde-musgo. No caso de peles frias, os azuis suaves, castanho rosado, marinho, rosa-vivo, lavanda, ameixa, cinzas, pratas. Mas ela ressalta que não é porque a pessoa é considerada de pele fria, que não pode usar tons quentes. “O importante é a forma de usá-los, de preferência em acessórios ou do tronco para baixo (sempre longe do rosto)”, diz.

A cor do ano (uma cor fria) merece atenção especial ao ser combinada com tons de pele e peças de outras cores. “O ideal é que seja usada por mulheres de pele fria, quando muito próxima ao rosto (blusas, tops, camisas, blazer) ou em acessórios, por mulheres de pele quente”, sugere Fabi. Já a combinação da Radiant Orchid com outras cores na produção pode ser feita de forma discreta para quem tem receio de ousar, por meio de cores análogas, aquelas que ficam lado a lado no círculo de cores, como violeta e azul. “Assim, o contraste é baixo e o efeito harmonioso. Outro método de fácil utilização e de resultante interessante é a combinação monocromática, o chamado tom sobre tom”, explica.

Confira nossas sugestões!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...