Não se reprima, mas também não se arrependa


NÃO SE REPRIMA, MAS TAMBÉM NÃO SE ARREPENDA

O comportamento nas festas empresariais requer o mesmo cuidado de quando se está no escritório. Estreitar relacionamentos faz parte do bom networking

Falando ainda sobre eventos de fim de ano, o tema agora é: comportamento nas festas da empresa. Tão importante quanto o look que preparamos para a confraternização, são nossas atitudes no evento, afinal de nada adianta arrasar no salto alto, e cometer gafes que manchem nossa imagem.

Para falar sobre esse tema, convidamos a Consultora de Carreira Renata Magalhães.

A primeira dica da Renata é simples: compareça à festa. A razão destes eventos é propiciar um ambiente que promova integração entre a equipe e, também, motivar os profissionais para um próspero novo ano.

Preocupe-se com horários.  Assim como no dia-a-dia, atrasos não são bem vistos; por isso, evite chegar muito depois do horário marcado. Fique atento também ao momento de se despedir, não seja o primeiro nem o último a sair da festa. Geralmente, as empresas estabelecem um horário de início e de final da festa; assim, o ideal é manter o intervalo máximo de 30 minutos, ou seja, chegar no máximo meia hora depois de iniciada a festa e não ir embora mais de meia hora antes do seu encerramento.

Aproveite a festa, afinal ela foi criada e planejada para um momento de confraternização e é isso que devemos ter me mente. As pessoas não estarão (tão) preocupadas com prazos, compromissos e responsabilidades; então, este é o momento de estreitar laços com os colegas, com a equipe e até mesmo com os diretores. Networking é um dos maiores benefícios das confraternizações, não desperdice! Porém, tenha bom senso; se perceber que não tem espaço pra isso, não force a barra. Deixar de fazer contato ainda é melhor que a impressão ruim que um contato forçado pode deixar. E lembre-se: contatos com pessoas de outras áreas, subordinados e colaboradores técnicos também são positivos.

Evite falar sobre os problemas da empresa. O ideal é manter uma conversa mais informal, sobre assuntos gerais e descontraídos. Atenção para não reclamar, fofocar ou falar mal, seja da festa, da empresa, dos colegas, ou do chefe. Cuidado também para não expor demais sua vida pessoal.

Por mais que a festa propicie um clima de paquera, cuidado com as regras da empresa no que diz respeito a relacionamentos. Seja discreto e mantenha o bom senso.

Apenas para lembrar, cuidado para não dar vexame. Afinal, ser lembrado no dia seguinte por conta de um comportamento ruim é péssimo em qualquer situação, pior ainda quando envolve sua carreira. Cuidado para não beber demais. Cuidado com o palavreado. Lembre-se das regras básicas de etiqueta à mesa e divirta-se com cautela, sem esquecer que este não é momento de dançar como se não houvesse amanhã.

Além de todas as recomendações, lembre-se que o mais importante é participar; afinal, o mundo só se constrói com a relações entre as pessoas.

Renata Magalhães dedica-se à Orientação Profissional e de Carreira, auxiliando jovens a gerir as primeiras etapas de sua vida profissional. Orienta a decisão sobre a carreira a seguir, a participação em processos seletivos e coaching para o mercado de trabalho.

Renata

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Uma resposta para Não se reprima, mas também não se arrependa

  1. Lais Monte disse:

    Boa tarde!

    Gostaria de obter os contatos da Renata Magalhães, se possível.

    Obrigada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *