Poderosa saia-lápis


Truques para usar e abusar do modelito no escritório

Ajustada na cintura, reta, antes até o joelho, hoje também usada um pouco acima dele ou alguns dedos abaixo, a saia-lápis virou coqueluche nos anos 50 e, por um motivo simples, continua a agradar a todas as mulheres: ela transmite a irresistível idéia de poder absoluto!

Por isso mesmo é peça curinga no guarda-roupa de toda executiva. Mas a partir das combinações, a versátil saia-lápis pode passar diferentes tipos de imagem, da profissional extremamente competente a Marilyn Monroe do escritório.

Pra você não cometer nenhum deslize, fizemos uma seleção de fotos caprichada e uma listinha com dicas básicas de como usar a peça de forma linda, elegante e, acima de tudo, profissional.

Fique de olho nos tecidos! Você pode optar por aqueles de melhor caimento para seu porte físico. Mulheres de quadril largo não devem marcar tanto as curvas. Para elas, tecidos secos e retos, sempre em tons escuros, são a melhor escolha.

Dê uma boa olhada no espelho (frente, lado e trás). Observe-se parada e em movimento. Se estiver tudo certo – nada de tecido marcando demais, subindo ou enrolando – tudo bem. Se algo incomodar, não tente disfarçar com uma camisa por fora ou um blazer por cima, afinal, você pode não usá-lo em todo momento. No escritório, o conjunto bumbum + quadril J. Low não pega NADA bem.

Escolha modelos com fendas atrás para facilitar a movimentação e evitar que o tecido enrugue ou suba.

Busque harmonia entre as peças do look. Para que sua saia justa tenha destaque, aposte em uma camisa ou uma blusa com tecido um pouco mais pesado.

O comprimento ideal de saia para baixinhas é aquele acima do joelho. Tradução para escritório: um pouco acima. Já para as mais altas com pernas longas, os modelos na altura do joelho e um pouco abaixo ficam perfeitos. Eles deixam a silhueta ainda mais longilínea.

Atenção à calcinha que irá usar com a saia lápis. Como o modelo da saia é um pouco mais justo, pode marcar rendas ou detalhes chatos que não merecem ter destaque no look. Se não quiser usar anágua, opte pela roupa íntima sem costura e aproveite o frio para abusar da meia-calça (ela ajuda a esconder tudo, da calcinha à desagradável marquinha de celulite).

Agora no inverno, acompanham muito bem a saia-lápis: cardigan, suéter, casaco, paletó e jaqueta. No casual day, se o dress code permitir, ouse com a produção camiseta (não daquelas surradas do Nirvana, ok?), blazer, saia-lápis e ankle boots.

Cintos de todos os modelos são amigos! Eles finalizam a produção e marcam a cintura.

Não use esse tipo de saia com sapatos baixos ou sapatilhas. Pelo contrário, abuse dos saltos em um scarpin com bico fino ou em sandálias e botas.

Gostou das dicas e quer mais informação? Surgiu alguma dúvida? Então comente com a gente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 respostas para Poderosa saia-lápis

  1. ana laura disse:

    Muito boa a reportagem; porém, faltou ua dica para as mais gordinhas, certo?
    De qualquer forma, aprendi que com sapatilhas… jamais!!!!!!!!!!!

    • Fabi Gragnani disse:

      Tudo bem, Ana? A saia-lápis é realmente uma peça muito chique; porém, se a pessoa estiver um pouquinho acima do peso, com um quadril saliente, por exemplo, sugiro trocar o modelo por outro, como o evasê, com uma pala larga no cós. Assim, o look fica mais equilibrado. Se acrescentarmos ainda uma cor neutra e escura, e um tecido com bastante caimento, fluido, o visual ficará ainda melhor!
      Agora, se as gordurinhas extras estiverem localizadas, com maior ênfase, na barriga, vc pode até ficar com o modelo lápis, desde que o tecido seja mais encorpado (de preferência o modelo deve ser forrado); neste caso, o ideal é combinar uma blusa, por fora da saia, e um blazer acinturado, de cor mais escura que a blusa. Assim vc consegue disfarçar a tal barriguinha…
      De qualquer forma, seja com o modelo evasê ou o lápis, opte sempre pelo salto alto, ok? Se estiver de meia-calça, opte por um sapato da mesma cor da meia (assim, alonga o look ainda mais); se estiver sem meia-calça, o scarpin de tom nude, por exemplo, é perfeito, pois também alongará o look!
      Espero que tenhamos te ajudado!
      Super obrigada pelos comentários!
      Beijão!
      Fabi Gragnani

  2. socorro bezerra disse:

    Adorei as dicas! Mas e para as gordinhas? Por favor, não esqueçam das mais cheinhas… Somos um pouco mais avantajadas em alguns aspectos. Super bjs! Vocês estão de parabéns!

    • Fabi Gragnani disse:

      Olá Socorro! Tudo bem?
      Como disse à Ana no comentário anterior, a saia-lápis é uma peça bem chique, mas se a pessoa estiver um pouquinho acima do peso, com um quadril saliente, por exemplo, sugiro trocar o modelo por outro, como o evasê, com uma pala larga no cós. Assim, o look fica mais equilibrado. Se acrescentarmos ainda uma cor neutra e escura, e um tecido com bastante caimento, fluido, o visual ficará ainda melhor!
      De outro lado, se as gordurinhas extras estiverem localizadas, com maior ênfase, na barriga, vc pode até ficar com o modelo lápis, desde que o tecido seja mais encorpado (de preferência o modelo deve ser forrado); neste caso, o ideal é combinar uma blusa, por fora da saia, e um blazer acinturado, de cor mais escura que a blusa. Assim vc consegue disfarçar a tal barriguinha…
      De qualquer forma, seja com o modelo evasê ou o lápis, opte sempre pelo salto alto, ok? Se estiver de meia-calça, opte por um sapato da mesma cor da meia (assim, alonga o look ainda mais); se estiver sem meia-calça, o scarpin de tom nude, por exemplo, é perfeito, pois também alongará o look!
      Super obrigada pelos comentários e continue acompanhando o Executiva, ok?
      Super beijo!

      Super obrigada pelos comentários!

  3. Rebeca Zaupa disse:

    “Não use esse tipo de saia com sapatos baixos ou sapatilhas”.

    Não pode usar, no way, com sapatos baixos? Mas e quem não pode/quer usar saltos altérrimos?

    • Fabi Gragnani disse:

      Olá Rebeca! Digamos que o ideal para esse modelo de saia é o sapato de salto, por deixar a mulher mais elegante. O de tom nude, inclusive, ajuda ainda mais a alongar a silhueta. Mas para aquelas que não possuem um quadril muito largo, a sapatilha é permitida; nesse caso, recomendo as de bico fino, que passam uma sensação de alongamento. Espero que tenha ajudado! :) Um beijo, Fabi Gragnani.

      • Rebeca Zaupa disse:

        Eu tenho um quadril mais ou menos largo, meu corpo é tipo violão, mas gostei da dica da sapatilha de bico fino e penso em usar, também, com saltos médios, não tããão absurdamente altos…

        Obrigada!

        • Fabi Gragnani disse:

          Rebeca, tenho o mesmo tipo de corpo e uso bastante saia-lápis, mas sempre com um salto médio. Mas a sapatinha com bico fino é realmente uma boa alternativa. Para ajudar ainda mais a alongar a silhueta, prefira modelos que tenham algum tipo de costura na vertical e de cores mais escuras. Grande beijo e obrigada pelo contato! Fabi Gragnani

  4. Danuza Machado disse:

    Olá! Adorei o site!

    Comprei uma saia lápis achando que iria usá-la bastante pois acho o look lindo, mas toda blusa que uso por dentro, que é a forma que eu gostaria de usar fica marcada :-(
    Tem algum truque para disfaçar?

    Bjo!

    • Fabi Gragnani disse:

      Obrigada, Danuza!!! É possível que o modelo que tenha comprado seja de tecido mais fino ou sem forro. Nestes casos, realmente o modelo tende a marcar. Sugiro o uso de uma combinação por baixo, que fará as vezes de um forro. Eu tenho um da Valisère que é excelente, tipo vestidinho, que uso sempre com esse tipo de saia. Outra opção é a bermudinha modeladora. Espero ter ajudado! :) Beijos! Fabi Gragnani

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>