Arquivos mensais: maio 2012

Poderosa saia-lápis


Truques para usar e abusar do modelito no escritório

Ajustada na cintura, reta, antes até o joelho, hoje também usada um pouco acima dele ou alguns dedos abaixo, a saia-lápis virou coqueluche nos anos 50 e, por um motivo simples, continua a agradar a todas as mulheres: ela transmite a irresistível idéia de poder absoluto!

Por isso mesmo é peça curinga no guarda-roupa de toda executiva. Mas a partir das combinações, a versátil saia-lápis pode passar diferentes tipos de imagem, da profissional extremamente competente a Marilyn Monroe do escritório.

Pra você não cometer nenhum deslize, fizemos uma seleção de fotos caprichada e uma listinha com dicas básicas de como usar a peça de forma linda, elegante e, acima de tudo, profissional.

Fique de olho nos tecidos! Você pode optar por aqueles de melhor caimento para seu porte físico. Mulheres de quadril largo não devem marcar tanto as curvas. Para elas, tecidos secos e retos, sempre em tons escuros, são a melhor escolha.

Dê uma boa olhada no espelho (frente, lado e trás). Observe-se parada e em movimento. Se estiver tudo certo – nada de tecido marcando demais, subindo ou enrolando – tudo bem. Se algo incomodar, não tente disfarçar com uma camisa por fora ou um blazer por cima, afinal, você pode não usá-lo em todo momento. No escritório, o conjunto bumbum + quadril J. Low não pega NADA bem.

Escolha modelos com fendas atrás para facilitar a movimentação e evitar que o tecido enrugue ou suba.

Busque harmonia entre as peças do look. Para que sua saia justa tenha destaque, aposte em uma camisa ou uma blusa com tecido um pouco mais pesado.

O comprimento ideal de saia para baixinhas é aquele acima do joelho. Tradução para escritório: um pouco acima. Já para as mais altas com pernas longas, os modelos na altura do joelho e um pouco abaixo ficam perfeitos. Eles deixam a silhueta ainda mais longilínea.

Atenção à calcinha que irá usar com a saia lápis. Como o modelo da saia é um pouco mais justo, pode marcar rendas ou detalhes chatos que não merecem ter destaque no look. Se não quiser usar anágua, opte pela roupa íntima sem costura e aproveite o frio para abusar da meia-calça (ela ajuda a esconder tudo, da calcinha à desagradável marquinha de celulite).

Agora no inverno, acompanham muito bem a saia-lápis: cardigan, suéter, casaco, paletó e jaqueta. No casual day, se o dress code permitir, ouse com a produção camiseta (não daquelas surradas do Nirvana, ok?), blazer, saia-lápis e ankle boots.

Cintos de todos os modelos são amigos! Eles finalizam a produção e marcam a cintura.

Não use esse tipo de saia com sapatos baixos ou sapatilhas. Pelo contrário, abuse dos saltos em um scarpin com bico fino ou em sandálias e botas.

Gostou das dicas e quer mais informação? Surgiu alguma dúvida? Então comente com a gente!

Preguiça? Vá de p&b!


 

Olá Executérrimas!!!!

Domingão terminando, hora de pensar nos compromissos da segundona… E o figurino??? Não sei para Vcs, mas para mim, o pior dia para escolher o look de trabalho é a segunda-feira…affffffffff!

Para facilitar, a famosa combinação p&b (preto e branco) é perfeita!

Para amanhã, look total fast fashion –  “Riachuelo por Huis Clos” (vejam os posts dos dias 27 de abril e 23 de maio, de 2012).

Fácil, simples, confortável e chique!

 

 1º look: camisa de algodão com detalhe nas costas em tecido mais fino (post do dia 27 de abril/12), colar Accessorize, calça (post do dia 23 de maio/12), scarpin Shoestock e anéis H & M Semi-jóias (de bolas) e Topshop.

 

 

 

Achou sem graça, acrescente um colete!

 

 

E um broche!

2º look: camisa de algodão com detalhe nas costas em tecido mais fino (post do dia 27 de abril/12), colete também da última coleção “Riachuelo por Huis Clos”,  calça (post do dia 23 de maio/12), broche acervo próprio, scarpin Shoestock e anéis H & M Semi-jóias (de bolas) e Topshop. 

 

 

 

Bjooooooooooooo e ótima semana!!!!! 

Pasta nossa de cada dia


Pensando em tudo o que carregamos de casa para o escritório, do escritório para reuniões em clientes, além de almoços e possíveis esticadinhas depois do expediente, temos notebook, tablets, livros, cadernos de anotações, canetas, celular, cartões de visita, agenda, chaves, portfólio, maquiagem, entre outros acessórios. Por isso, você deve pensar em uma boa bolsa ou pasta de trabalho, escolhida a dedo para facilitar a organização.

Agora responda rápido! Como é sua pasta de trabalho? Se você não titubeou, é porque geralmente usa o mesmo modelo. E por que variar? Se quiser fazer dela uma simples “ferramenta de transporte”, cá entre nós BORING!, tudo bem. Mas vai perder a oportunidade de deixá-la com cara de peça fina e dar aquela reciclada em suas produções.

Se a ordem é criatividade, até o clássico pode ser sutilmente adaptado. O que acha de substituir aquela pasta formal e sem graça por uma maxi clutch ou uma maxi bag? Elas podem assumir a mesma função de forma engenhosa e totalmente organizada. Coloridas, estampadas, com diferentes texturas, acessórios como lenços e pingentes, usadas sozinhas ou em composição com peças menores, tudo depende do que você precisa levar e de como quer inovar.

Se o dress code permitir, que tal pirar em uma criação de cinto + pasta? Pesquisando imagens interessantes, encontramos a sugestão feita pela consultora de moda Jussara Romão, no programa Vamos Combinar. Vídeo mais que indicado para as executérrimas modernas.

Selecionamos também opções maravilhosas que vão do clássico ao moderno. Inspiração não vai faltar para você variar os modelitos que tem aí em casa. Confira as imagens!

PASTAS EM TONS NEUTROS

PASTAS COLORIDAS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...