Coluna Executérrima

Companheira perfeita

camisa_abre
Carolina Herrera

Versátil, a camisa pode ser usada em qualquer produção

É difícil encontrar alguém que não tenha, pelo menos, uma camisa no guarda-roupa. As executérrimas amam a praticidade dessa peça curinga, que vai bem com calça larga, justa, todo tipo de saia e até com vestidos – sim, como colete, toda aberta ou até mesmo usada por baixo com as mangas e colarinho à mostra.

Já mencionamos as camisas diversas vezes aqui no site, inclusive, no post Must have da executiva. Certeiras, elas dão um ar mais elegante e arrumadinho para qualquer look, podendo ser usadas de forma bem clássica (com peças complementares de alfaiataria) e também em composições mais despojadas (com calças jeans), funcionando muito bem para o casual day ou para aquela esticadinha a um barzinho depois do expediente.

Carolina Herrera (uma das personalidades que nós aqui do Executiva mais admiramos) é fã declarada de camisas. Segundo a estilista, “elas fazem você parecer casual durante o dia e bem-vestida à noite”. Além da tradicional camisa branca, há inúmeras opções de tons, tecidos e tamanhos: peças curtas, longas, soltas, em seda, linho, crepe, algodão, coloridas e com certa transparência. Mas atenção, a camisa transparente deve ser usada sempre com uma blusa básica por baixo, regata ou camisetinha com manga mesmo, mas nada de muito corpo e sutiã à mostra no escritório, ok?

Separamos algumas imagens para você sair do básico e inovar com produções maravilhosas. Da camisa branca com blazer clássico, passando pelas sobreposições de tecidos liso e xadrez, às estampas florais combinadas com jeans, arrase no trabalho e nos momentos de lazer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Tagged , ,

About Fernanda Balieiro

Jornalista por formação, desenvolvo trabalhos de comunicação para diferentes plataformas (web, TV, mobile, print) e editorias, entre elas, moda, cultura e negócios. Curiosa por natureza, leio de tudo um pouco e, se o conteúdo interessar, pergunto, observo e pergunto novamente pra entender e passar pra frente de alguma forma. Paulistana, casada e apaixonada pelo mundo dos tecidos, cores e texturas, meu passatempo de moda é comparar revistas antigas com novas publicações. Esqueço da vida olhando imagens de capa, modelos, acessórios, estilos, o que foi e voltou a ser tendência, informações das mais diversas. Mais alguém quer entrar para o clube?
View all posts by Fernanda Balieiro →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.