Coluna Executérrima

De bruxa descuidada a executérrima fashion

abrebruxas
As irmãs bruxas Sarah Sanderson, Winifred e Mary, no filme Hocus Pocus

Todo mundo pode ter sua melhor versão

Quer coisa mais legal que Dia das Bruxas? Tudo bem que no Brasil não temos a tradição de comemorá-lo tanto quanto comemoram os americanos, por exemplo, com abóboras e doces para as crianças. Ainda assim, ver filmes de terror e ir a festas temáticas na data é bem bacana.

Aproveitando a semana delas – das bruxas descabeladas, caquéticas, com suas vassouras voadoras – eu me lembrei de um filme de sessão da tarde bem legal chamado Hocus Pocus (traduzido como Abracadabra). O filme conta a história de três irmãs bruxas muito atrapalhadas e engraçadas – porém maldosas – que roubam a força vital de criancinhas para ficarem mais jovens e bonitas. Mal sabia eu que uma dessas bruxas (a personagem Sarah Sanderson), em 1998, faria um pouso rasante com sua vassoura direto em uma das séries americanas mais badaladas: Sex and the City.

Quando vi que a personagem desengonçada e graciosa de um dos filmes da minha infância era interpretada por, nada mais nada menos, que Sarah Jessica Parker, eu achei o máximo. A coluna dessa semana mostra exatamente isso: toda mulher (por mais atrapalhada, amarrotada e cansada que esteja) merece e deve procurar ter sua melhor versão. Entrando no mundo da fantasia, se Sarah Sanderson “transformou-se” em Carrie Bradshaw, nós podemos fazer uma revolução!

Portanto, aproveite que o Dia das Bruxas cai numa sexta, marque cabeleireiro, manicure e, se conseguir, até uma massagem. No fim de semana, reserve um tempinho para pensar em produções interessantes. Abra o guarda-roupa e veja tudo o que tem lá dentro: cores, peças, estilos, comprimentos. Faça diversas combinações para as peças que mais usa. Uma camisa básica branca, por exemplo, pode ser usada com ou sem colete, com ou sem blazer, com calça (skinny, pantalona, cintura alta, baixa), saia (mais justa, larga, lápis, longa, midi) e diferentes acessórios (lenços, colares, pulseiras, relógios).

Já dissemos em diversas colunas, mas vale a pena lembrar: somos observados diariamente por diferentes ângulos – frente, lado e costas. Não importa se passamos por uma odisseia (filho com febre, congestionamento, carro quebrado, esbarrão com direito a cafezinho na camisa), somos taxativamente julgados por nossa apresentação pessoal, que é o resultado da aparência (presença visual) somada aos aspectos comportamentais (gestos e atitudes). Lembre-se disso.

Separamos alguns looks de personagens fashionistas e atrizes (na vida real) pra você inspirar-se a criar novas versões com as peças que tem em casa. Tem moda para todo mundo, das executérrimas mais despojadas às tradicionais. Mãos à obra!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Tagged , , , ,

About Fernanda Balieiro

Jornalista por formação, desenvolvo trabalhos de comunicação para diferentes plataformas (web, TV, mobile, print) e editorias, entre elas, moda, cultura e negócios. Curiosa por natureza, leio de tudo um pouco e, se o conteúdo interessar, pergunto, observo e pergunto novamente pra entender e passar pra frente de alguma forma. Paulistana, casada e apaixonada pelo mundo dos tecidos, cores e texturas, meu passatempo de moda é comparar revistas antigas com novas publicações. Esqueço da vida olhando imagens de capa, modelos, acessórios, estilos, o que foi e voltou a ser tendência, informações das mais diversas. Mais alguém quer entrar para o clube?
View all posts by Fernanda Balieiro →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.